Estrelando: Calendário Vira Latas de Raça 2018

A ideia do Gerando Gentileza é usar o espaço cheio de amor que é o Crônicas de Categoria na divulgação de ações solidárias, de projetos e pessoas que ajudam o mundo a ser um lugar melhor.

Para inaugurar esta nova coluna, peguei meus lenços de papel e vim falar de um dos projetos mais cheios de amor – e lindo-maravilhoso-querotodos – que eu tive o prazer de conhecer melhor esse ano: o Calendário Vira Latas de Raça, da S.O.S Vida Animal Londrina. A ONG realiza campanhas de vacinação e castração, feiras de adoção, dentre outras ações em prol dos animais.

Morrendo de amores em 3, 2, 1

O projeto

Todos os anos, uma série de modelos peludinhos estrelam as páginas do tradicional calendário, que sempre traz mensagens sobre adoção responsável e sobre o cuidado com os animais. Este ano, o tema é a castração, que além de reduzir o risco de doenças e deixar cães e gatinhos menos fujões, também diminui a quantidade de bichinhos abandonados. No Brasil, são mais de 30 milhões de animais de rua, de acordo com a OMS. Aqui em Londrina, segundo a S.O.S, são cerca de 60 mil animais em situação de abandono, e a cada 10 filhotinhos nascidos na rua, apenas 1 vai conseguir um lar.

Em cada mês do calendário, você vai encontrar cães e gatos apaixonantes e suas histórias. Além de emocionar, estas páginas mostram como a castração pode mudar a vida de um desses bichanos. As fotos são de Nina Biagini, que também colabora com os textos produzidos com Renata Manttovanni, da Agência Degrau. A arte é do meu designer e barbudo favorito, o Rogers Alberto, também da Degrau.

O lançamento

O calendário mais esperado da cidade vai ter até festinha de lançamento, marcada para o dia 06 de Dezembro, quarta-feira, a partir das 18 horas no edifício Torre Pietra (Rua Aurora Sathler Rosa). Vai ter música, o bazar Bom Pra Cachorro e food trucks por adesão. O calendário custa R$ 15, e toda a arrecadação será revertida em ações da S.O.S, inclusive no auxílio para tratamento de animais abandonados.

Fora do evento, também será possível garantir o calendário nas feirinhas de adoção ou em estabelecimentos participantes. Outras formas de ajudar a ONG a continuar o seu trabalho são as doações através de depósito bancário / PagSeguro, ou doações de Nota Fiscal sem CPF.

Conheça o trabalho da SOS Vida Animal Londrina nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Se você não é de Londrina, pode buscar uma das diversas ONGs de sua região, que certamente possuem projetos similares para ajudar aos bichinhos abandonados. Adote um animalzinho, colabore com seu tempo, seu dinheiro, ou com uma simples divulgação nas redes sociais. E gere gentileza.

Gostou da ideia e tem alguma ação para divulgar? Entre em contato com a gente!

Nascida num 20 de Outubro dos anos 80 com o espírito de uma old lady dos anos 50. Agente e blogueira de viagens, fã de Verissimo – o Luis Fernando – e Nelson, o Rodrigues. Poser. Amadora no ofício de cozinhar e fazer encenações cômicas baratas. Profissional na arte de cair nos bueiros da Lei de Murphy.